• Edvaldo Silva

PROCEDIMENTOS BÁSICOS PARA INVENTÁRIO DO IMOBILIZADO


O Inventário do Ativo Fixo é um procedimento que valida as informações apresentadas no balanço e certifica se os custos com as depreciações estão sendo apropriados de forma coerente. Portanto é equivocado destacar que só faz o inventário do imobilizado as empresas com necessidades especificas (societário, liquidez, venda etc.) ou com gestão deficitária no imobilizado.



Também é equivocado inventariar os ativos e desconsiderar os registros contábeis e mesmo que uma organização que tenha áreas independentes para o controle físico e registros contábeis, o processo de inventário deverá ser realizado em conformidade com os ajuste e interesses mútuos, tratando a base (física e contábil) de forma unificada.

O Inventário do Imobilizado é uma atividade periódica e dependendo do grau de organização ou política da empresa, pode ser realizado anualmente ou períodos maiores para empresas com normas e procedimentos.


Principais Etapas para Inventário do Imobilizado:


Reunião de Planejamento Inicial:

Está é a etapa mais importante do processo e precisa envolver todos os colaboradores que participam na movimentação do imobilizado.

O Planejamento será parte integrante do relatório final e deverá constar o nome do responsável geral pelo Projeto e os demais responsáveis por cada etapa do processo.

Inventário Físico dos Bens:

Identificação física de todos os bens localizados na empresa, fixando etiquetas de patrimônio nos bens sem identificação.

OBS.: A qualidade das informações coletadas durante o inventário, serão essenciais para conciliação com os registros contábeis, portanto procure levantar o máximo de informações possíveis (descrição técnica, marca. modelo, nº de série, medidas, fotos etc.)

Conciliação da base contábil com o inventário físico:

O objetivo da conciliação é certificar se todos os bens registrados na contabilidade existem fisicamente, vinculando com o número do patrimônio, complementando os dados cadastrais e validando os dados

Saneamento das sobras contábeis e físicas;

O Saneamento é um processo de revisão final para certificar as sobras contábeis e físicas e conclusão dos serviços.


Relatório de Conclusão:

Geração dos relatórios finais com os bens conciliados, sobras contábeis e sobras físicas.

O Relatório deverá ser assinado pelo responsável legal pela empresa (ou responsável pela empresa contratada), e será utilizado como base nos ajustes necessários nos registros contábeis e análise da auditoria interna ou externa.


28 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo